Pular para o conteúdo
1ª COMPRA COM FRETE GRÁTIS

🌟

UTILIZE O CUPOMPRIMEIRACOMPRA

🌟

1ª COMPRA COM FRETE GRÁTIS

🌟

UTILIZE O CUPOMPRIMEIRACOMPRA

🌟

1ª COMPRA COM FRETE GRÁTIS

🌟

UTILIZE O CUPOMPRIMEIRACOMPRA

🌟

1ª COMPRA COM FRETE GRÁTIS

🌟

UTILIZE O CUPOMPRIMEIRACOMPRA

🌟

1ª COMPRA COM FRETE GRÁTIS

🌟

UTILIZE O CUPOMPRIMEIRACOMPRA

🌟

1ª COMPRA COM FRETE GRÁTIS

🌟

UTILIZE O CUPOMPRIMEIRACOMPRA

🌟

1ª COMPRA COM FRETE GRÁTIS

🌟

UTILIZE O CUPOMPRIMEIRACOMPRA

🌟

1ª COMPRA COM FRETE GRÁTIS

🌟

UTILIZE O CUPOMPRIMEIRACOMPRA

🌟

1ª COMPRA COM FRETE GRÁTIS

🌟

UTILIZE O CUPOMPRIMEIRACOMPRA

🌟

Mudança de hábito: 5 dicas e 5 passos para conseguir, de acordo com a ciência

Você já deve ter percebido que mudar velhos hábitos é sempre um desafio, principalmente quando não são muito saudáveis. A verdade é que não existe uma receita de bolo para mudança de hábito, pois cada ser humano é único e capaz de delinear seus limites.  


Criar hábitos facilita muito nosso dia. Até porque já imaginou ter que recorrer a força de vontade para realizar tarefas simples como tomar banho ou escovar os dentes?


Você precisa de hábitos porque a mudança não acontece no final do processo, mas diariamente. Nesse artigo, vamos te mostrar cinco dicas para mudar um hábito que não te agrada, vem com a gente!

O que é um hábito, afinal?

Em linhas gerais, um hábito é toda a atividade que fazemos “sem pensar”, de forma quase automática. Um hábito já faz parte da rotina e é praticado regularmente sem a necessidade de grandes tomadas de decisão. 


Ainda que a sociedade seja responsável por alguns hábitos que são implementados de forma geral, cada pessoa é capaz de desenvolver seus próprios hábitos. 


O fato é que alguns hábitos, como cuidar da saúde, manter amizades e convivência familiar recebem comprovação científica de que trazem benefícios para várias áreas da vida. Agora que você já sabe o que é um hábito, entenda como mudar e construí-los a seguir.

Qual a melhor forma para conseguir mudar de hábito?


Todo hábito, sem exceção, é composto por 4 fases, são elas: Gatilho, Desejo, Rotina e Recompensa, inspiradas na teoria do livro “O Poder do Hábito” de Charles Duhigg.

Entender como cada uma funciona ajuda a manipular esse processo a seu favor. 

Gatilho


Gatilho, ou deixa, indica ao cérebro qual rotina deve ser iniciada a partir de um evento que coloca o hábito para funcionar. 


Por exemplo: ao acordar, seu cérebro ativa hábitos, como escovar os dentes, arrumar a cama ou tomar café da manhã. A deixa é o fato de despertar. A partir do momento que você levanta, várias ações acontecem sem necessidade de raciocinar. 


Desejo


O desejo é o que nutre o hábito e faz ele acontecer. Já que todo hábito visa atender a um desejo, seja ele consciente ou não. Estar sempre conectado às redes sociais surge do desejo de estar mais próximo das pessoas, por exemplo.

Rotina


É caracterizado como o que já fazemos no piloto automático, é o hábito em si, como fechar a porta assim que saímos de casa. Normalmente, realizamos inconscientemente em busca de alguma recompensa.

Recompensa


É aqui que o nosso cérebro quer chegar ao realizar um hábito: ele quer ser recompensado e vê a necessidade de memorizar o processo. Na última fase, é quando uma atividade se transforma em um hábito. 


Um exemplo disso é quando praticamos atividade física e o corpo libera dopamina (neurotransmissor que regula o humor e estresse), o que traz a sensação de prazer.

Como adquirir novos hábitos?

De acordo com estudos feitos pela University College de Londres são necessários, em média, 66 dias para criar um novo hábito em nossa rotina. Se liga nos cinco passos para adquirir a mudança de hábito, de acordo com a ciência.

1- Crie micro-hábitos


A experiência de começar um novo hábito é complexa, por isso que muitos estudiosos indicam começar aos poucos com os chamados de “micro-hábitos”. É o caso do cientista americano Brian Jeffery Fogg que propõe estabelecer metas mais objetivas para alcançar seu objetivo. 


Ou seja, se você quer ler um livro por mês, especifique quantas páginas você precisa ler por dia, sem dor e sem o peso da obrigação. Afinal, menos é mais. 

2- Estabeleça uma frequência de repetição

Além disso, para que uma mudança se torne gradual, leve e natural para nosso cérebro, a repetição é fundamental. Esse ponto é muito importante para a prática de atividades físicas, no início será preciso mais disciplina para ter frequência. Isso porque um hábito nasce quando você o desempenha na rotina sem dificuldade.



3- Comece aos poucos


Outro ponto importante é não tentar mudar vários hábitos de uma só vez, a força de vontade tem limite e estabelecer vários "micro-hábitos"  que você não vai conseguir cumprir pode te deixar desanimado.


Planeje com cuidado o objetivo da sua mudança, quais serão os primeiros passos e onde deseja chegar. A pressa é inimiga da perfeição.

4- Volte ao seu objetivo mesmo depois de falhar


O lema que você vai levar nos momentos em que tenta tornar uma atividade um hábito é: se não conseguir desempenhar sua rotina em um dia, volte no outro. Até porque a falha não determina a sua desistência. 


Fugir de situações que são gatilhos para seus velhos hábitos te ajuda a não falhar nesse processo, quando ativamos o gatilho que dá início a um hábito, é muito difícil interromper a nossa ação.


Nesse sentido, identifique quais são seus gatilhos para se precaver deles, combinado?

5-  Comemore suas vitórias

É comum no processo de criação de um novo hábito, deixar algumas vitórias passarem batido. Mas prestar atenção nas vitórias é fundamental para gerar a motivação necessária para evitar a autossabotagem. 


Conseguiu cumprir o seu “micro-hábito”? Permita-se ter uma recompensa, algo valioso para você, porém que não estrague o seu progresso. 

E aí, pronto para mudar um hábito?

Seja praticar exercícios físicos, manter uma rotina com alimentação saudável, melhorar seu desempenho na academia, parar de fumar ou diminuir o açúcar na sua rotina, é preciso colocar em prática as metas de mudanças. Continue com a gente para receber mais conteúdos de saúde e lifestyle, além de receitas com as nossas barrinhas proteicas BOLD com sabores surreais. 







anterior
próxima

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.