O assunto vida saudável é cercado por mitos e complicações. Mas nós acreditamos que é possível ter saúde de formas simples e deliciosas. Pra gente, da Bold, saúde vai além de não ter doenças. E mesmo quem tem alguma condição, como diabetes, por exemplo, pode ser saudável. 

 

Estranho? 

 

Não! É surreal e simples. Até o fim desse artigo você vai concordar conosco. 

Afinal, o que é vida saudável?

 

Essa é uma discussão que dá o que falar. Te garantimos que vida saudável não se restringe a corpos magros ou sarados, não cabe nessas propagandas que estamos acostumados a assistir e em publicações do Instagram que dizem que o caminho para a vida saudável está em uma lista de restrições. 

 

Mais do que ausência de doenças

 

Nós concordamos com a Organização Mundial de Saúde (OMS). De acordo com eles uma vida saudável é: 

 

“O estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença”

 

Ou seja, abrange a mente, o corpo e sua vida social. Já havia parado para pensar nesses três aspectos? A definição é de 1964 e continua atual, pois é completa e considera as pessoas de forma holística, por completo. 

“Qualquer pouquinho de amor é saúde”

 

O escritor Guimarães Rosa dizia que “Qualquer amor é saúde, um descanso na saúde”. O mineiro sabia das coisas. Afinal, muita coisa pode tirar nossa paz no dia a dia, comprometendo, assim, a nossa saúde mental, citada na definição da OMS. Mas se a gente ama algo ou alguém encontra descanso, um porto seguro para se reenergizar. 

 

Às vezes, o como está complicado, mas os porquês nos ajudam a continuar na luta. “Quem sabe o porquê suporta qualquer como”. 

Quando falamos sobre vida saudável não nos referimos a uma vida perfeita, mas em que encontramos equilíbrio e forças mesmo quando tudo parece um pouco caótico. 

Componentes de uma vida saudável

Saúde é muito mais amplo do que o senso comum imagina. Dessa forma, para ser saudável precisamos cuidar de diversos pontos. 

Alimentação 

 

Você é o que você come mesmo. No entanto, nada de neuras. Quem já tentou diversas dietas sabe que uma alimentação restrita não é o caminho. Já se sabe que cortar nutrientes e pratos por completo podem dar origem a compulsão alimentar, o contrário de saúde. Essa condição compromete, além da saúde do seu corpo, a da sua mente. 

 

Assim, o caminho mais indicado é o equilíbrio. Alimentar-se também tem dimensões emocionais e sociais. Por isso, devemos aprender quando nutrir nossas memórias afetivas, emoções e reconhecer quando o alimento é importante nos momentos com a família e amigos. 

 

Claro, na rotina tenha uma alimentação mais livre de industrializados possível. Inclua frutas, verduras, alimentos integrais e variados.

 

Aprenda a incluir ingredientes, pratos e outros que são gostosos e saudáveis simultaneamente. Aqui no blog temos várias receitas surreais com ingredientes da melhor qualidade. 

Exercícios Físicos

 

Praticar algum esporte ou atividade física é essencial para uma vida saudável. Nossa dica para esse pilar é você encontrar algo que goste e adequado ao seu corpo. A OMS recomenda de 150 a 300 minutos por semana de atividade moderada. Já se você gosta de intensidade, esse tempo é metade, 75 a 150 minutos semanais. 

 

Aprenda a reconhecer quando você precisa de uma pausa, o descanso também é importante para a regeneração muscular e diversos processos para construção de massa magra. 

 

Nos dias mais corridos, tente incluir movimentos na rotina. Prefira deslocar-se a pé ou de bicicleta, levante-se da cadeira de tempos em tempos e dê uma circulada pelas ruas próximas a sua casa, empresa ou faça alongamentos. 

Saúde mental

 

Burnout, depressão, ansiedade e outras condições são muito discutidas atualmente. São transtornos mentais que podem comprometer sua saúde não só mental, mas do corpo também. Os problemas de saúde mental podem drenar a energia para termos uma vida plena e até de nos cuidarmos. 

 

Por isso, se você já notou que tem algum sofrimento mental, procure ajuda especializada. 

 

Para quem se considera saudável mentalmente, saiba que precisamos investir em atividades que preservem nossa sanidade. 

 

Equilibre as horas de trabalho e lazer, mantenha contato com pessoas que você gosta. Além disso, invista em atividades que te proporcionem bem-estar e autoconhecimento. 

 

Relacionamentos saudáveis: família, mozão e amigos 

 

A OMS cita a parte social como um dos componentes de uma vida saudável. Isso diz respeito principalmente aos seus relacionamentos, seja com familiares, mozão, contatinho ou amigos. Reserve tempo para eles na agenda, vai te trazer saúde. 

 

Além de viver cercado por pessoas que você gosta, cuide para que as relações sejam saudáveis. 

 

Se você identificou que vive um relacionamento tóxico, talvez precise analisar. Saiba que eles podem acontecer com familiares, relações amorosas ou de amizade. Também há profissionais que têm se especializado nesse tipo de problema. 

Ok, mas como começar uma vida saudável de uma vez por todas?

 

A melhor maneira de ter uma vida saudável de vez é testar o que funciona para você e ter paciência. Experimente diversas atividades físicas até encontrar uma que te dê prazer, pois assim será mais fácil incluí-la na rotina. 

 

Também teste receitas com ingredientes saudáveis, esteja aberto a novos sabores e entenda como você pode nutrir suas emoções e corpo de forma equilibrada. 

 

Lembre-se que a estratégia 8 ou 80 tende a dar errado. É melhor começar devagar e ir aumentando o ritmo. Essa dica vale para tudo: treinos, alimentação, atividades de autoconhecimento e adequação da rotina de trabalho e lazer.

 

Procure inspirações em pessoas que mostram uma rotina saudável mais real, como a Júlia Ribeiral, influenciadora que mostra como mudou o estilo de vida sem estresse. Ela também mostra as táticas para ser saudável em meio a vida de mãe, estudante e esposa.

 

Inspirado para começar uma vida saudável? Muita força, você vai ver como sua rotina se transforma para muito melhor.  

18 de novembro de 2021 — BOLD Contato