A ortorexia é a prova de que tudo em excesso faz mal. O principal objetivo do ortorexo é obter saúde por meio da alimentação e prática de exercícios. Mas, ao retirar o que considera prejudicial, também saem de cena diversos nutrientes fundamentais para o corpo. 

Assim, essa busca torna-se uma obsessão. Pior ainda, um distúrbio alimentar e comportamental.

Esse problema pode ser difícil de identificar, já que quem come de forma saudável é visto com bons olhos. A cabeça dá até uma bugada, não é? Ao olhar superficialmente para uma pessoa que só come alimentos “puros” e saudáveis, pode parecer estranho mesmo que ela esteja doente. Mas, como você verá neste artigo, é bastante perigoso.

O que é ortorexia nervosa?

A ortorexia é um distúrbio alimentar e comportamental. Consiste na preocupação excessiva com alimentação saudável. A pessoa restringe o que come a alimentos considerados saudáveis. Além dos ingredientes, quem tem ortorexia nervosa também se preocupa com a forma de preparo das refeições.

Em geral, perde muito peso e tem deficiência nutricional, esse último sintoma, ironicamente, é o contrário do que a pessoa busca.

Características da ortorexia

Neste ponto do artigo, você deve estar se perguntando: será que sou saudável ou ortorexo?

Ou ainda:

Fulano tem ortorexia?

Os sinais abaixo vão te ajudar a distinguir a preocupação normal com a alimentação da ortorexia. Spoiler: se você se cuida, mas sem neuras, sabe que uma vida saudável é simples, há grandes chances de você não ser uma pessoa ortorexa. Caso você coma bem, mas de forma equilibrada, sem cortar alimentos, respire aliviado 🙂

Abaixo, você vai entender quais são os sinais de alerta para a ortorexia.

Culpa e ansiedade

Toda vez que você come vem aquele sentimento de que poderia ter se alimentado com algo mais saudável? Essa culpa é típica do ortorexo. A ansiedade em relação à comida também é uma das características da anorexia.

Uma das principais ocupações de quem tem esse distúrbio é pesquisar sobre comida saudável e tornar-se um perito na leitura de rótulos. Ele fica ansioso só de pensar na composição dos alimentos e em como eles foram preparados.

Dificuldade de se alimentar fora de casa

O ortorexo recusa convites que envolvam comer fora de casa frequentemente. Quando sai, é comum levar uma marmitinha de comida “fit”. Também pode acontecer de ele sair e garimpar comidas que passem no crivo da ortorexia ou, ainda, ficar apenas na água com alegações de que está sem fome ou qualquer outra justificativa do tipo.

Exclusão de alimentos considerados “impuros” pelo ortorexo

Quem tem ortorexia cai nas armadilhas do terrorismo nutricional com facilidade. Ele corta grupos alimentares inteiros e cada vez mais. Carboidrato, gorduras trans, açúcar, sódio e outros itens vilanizados são os maiores alvos do ortorexo.

Mas, ao cortar tanta coisa considerada ruim por eles, vão juntos importantes nutrientes.

Principais consequências da ortorexia

A obsessão por alimentos saudáveis e puros traz consequências bem graves para a saúde física e mental. Ou seja, o ortorexo não conquista saúde, mas o contrário.

Anemia

A pessoa acredita que todo seu alimento é remédio. No entanto, começa a sentir ​​fadiga, falta de ar, vertigem, tonturas ou batimento cardíaco acelerado. Além disso, ela está pálida. Em um exame, o diagnóstico: ela está anêmica.

Provavelmente, ela não entende, pois sempre se dedicou a comer muito bem. Como pincelamos em algumas partes desse texto, ao cortar o que parecia ruim, a pessoa reduz o que é fundamental para o bom funcionamento do organismo.

Desnutrição

A dieta de uma pessoa com ortorexia é pouco variada no quesito nutrientes, ao contrário do que você pode estar imaginando. Por isso, é muito frequente que faltem vitaminas, minerais e outros nutrientes essenciais para o corpo.

Osteoponia

A osteoponia ocorre quando o corpo não consegue regenerar ossos com a mesma velocidade e eficiência que antes. Pessoas com esse problema podem ter osteoporose depois. A doença aparece, principalmente, pela baixa ingestão de cálcio, presente, em maior quantidade, no leite e derivados, alimentos considerados vilões por muita gente.

Se ela for ortorexa, as chances de ela acreditar que lactose é uma vilã na alimentação são muito maiores.

TOC

O Transtorno Obcessivo Compulsivo (TOC) é um dos distúrbios de saúde mental característico de quem tem ortorexia. Isso porque eles tendem a preparar os alimentos sempre de uma determinada maneira, bem como impor regras bem específicas quanto aos alimentos e ao ato de comer.

Ortorexia e vigorexia: quais as diferenças?

Esses dois distúrbios são parecidos. A diferença é que enquanto o ortorexo busca saúde por meio da ingestão de alimentos saudáveis, o vigorexo tem como meta conseguir um corpo musculoso por meio da atividade física. 

A pessoa com vigorexia, em geral, se considera muito magra, mas já tem o corpo definido, na grande maioria das vezes.

Quem tem vigorexia também evita a ingestão de gorduras, dá preferência às proteínas. Porém, o objetivo é desenvolver os músculos em vez de ficar saudável.

Tratamento

Um problema com consequências para a saúde física e mental envolve vários profissionais no tratamento. O nutricionista vai ajudar à pessoa com ortorexia a ter uma alimentação balanceada de verdade. Além disso, bons profissionais dessa área desmistificam os maiores mitos sobre saúde alimentar.

Caso a pessoa tenha prejuízos na saúde como anemia e osteoponia, médicos de diferentes especialidades vão precisar entrar em cena.

O apoio psiquiátrico e psicológico também é fundamental. Afinal, trabalhar a mentalidade sobre a comida, entender as motivações do surgimento da anorexia são importantes para que a pessoa mude o comportamento de forma sustentável.

A Bold Snacks sempre defendeu que uma vida saudável é livre de neuras e complicações. 

Alimentar-se com saúde deve ser um ato prazeroso e não algo que gere ansiedade. Se desconfia que é ortorexo, procure ajuda.

Essas são grandes motivações para lançarmos nossas deliciosas barrinhas de proteína e mantermos esse blog.

Então, continue com a gente aqui para mais dicas de como ter uma vida surreal. Assine nosso blog para receber as novidades direto na sua caixa de entrada. 

17 de novembro de 2021 — BOLD Contato