O corpo fala. Você consegue entender o que ele diz? Caso sua resposta seja sim, você tem uma boa consciência corporal. Em um mundo acelerado, em que fazemos muitas coisas no piloto automático, é mais difícil perceber os sinais que nosso próprio organismo envia. E, acredite, ele faz isso o tempo todo.

Porém, é preciso, e possível, desenvolver mecanismos para melhorar a sua consciência corporal. Afinal, para ter uma vida surreal, entender a linguagem corporal faz diferença, conseguimos evitar problemas e ter experiências incríveis.

Não sabe nem por onde começar e ainda não entendeu o que é consciência corporal? Até o fim do artigo você vai compreender e se inspirar para mudar a sua relação com o corpo.

O que é consciência corporal?

Consciência corporal é o conhecimento do seu próprio corpo, processos internos e externos. Quem tem uma boa consciência corporal consegue identificar maus hábitos, sinais de que algo está errado, as forças naturais e fraquezas do organismo.

Não diz respeito apenas à parte externa do corpo, abrange os processos internos também.

Porque devemos ter consciência corporal

Quem conhece bem o corpo desfruta de uma rotina muito melhor do que uma pessoa que vive no automático.

Mais qualidade de vida

A consciência corporal abrange todos os movimentos, desde o simples deitar e levantar da cama até exercícios de alta intensidade, como crossfit. A diferença entre alguém que tem essa habilidade mais desenvolvida para quem vive no automático é entender quais as melhores atividades para elas e de que forma se movimentar com mais saúde.

Saber se você faz cada movimento da melhor maneira possível no dia a dia evita problemas posturais que podem causar dores nas costas, por exemplo.

Praticar esportes que não ultrapassem seus limites, mas, ao mesmo tempo, te desafiem e dão satisfação, é uma forma de manter-se saudável e motivado. Muita gente desiste das atividades físicas porque não sabem qual atividade realmente gostam.

Menos dores

Quem sabe seus limites, logicamente, terá menos dores. O mesmo raciocínio vale para os movimentos da rotina, se você os executa da melhor maneira possível terá um dia a dia com bem menos dores.

Prevenção de lesões

Saber quais os seus limites é uma das características de quem tem boa consciência corporal. Uma pessoa assim não sobrecarrega o corpo com mais do que ele consegue suportar. Também consegue identificar melhor quando o descanso é necessário e que quando vai iniciar uma nova modalidade de atividade física o progresso deve ser gradual.

O contrário também vale. O ser humano precisa de movimento. Assim, quem é consciente corporalmente sabe que precisa se movimentar, além de se levantar de tempos em tempos, caso trabalhe sentado.

É importante lembrar que um corpo fraco, com menos músculos, também está mais suscetível a lesões mesmo com as atividades do dia a dia.

Como desenvolver consciência corporal

Entender o próprio corpo não é uma tarefa fácil principalmente se você se atentou para essa necessidade agora. Mas vale a pena, pois, como você viu, são muitos os benefícios de entender o que o corpo fala para nós. A seguir, vamos deixar práticas para incluir na rotina para desenvolver essa habilidade que pode melhorar muito a sua qualidade de vida e saúde.

Atenção aos movimentos do dia a dia

Muitas pessoas acreditam que consciência corporal só vale para os exercícios físicos. No entanto, é essencial atenção aos movimentos diários. A forma de sentar, se levantar, subir escadas deve ser observada. Pergunte-se:

  • Será que sua postura está adequada?
  • Você tem se levantado de forma abrupta e isso tem contribuído para sua ansiedade?
  • Como é sua pisada?
  • Eu paro para respirar ter pequenos momentos de pausa? 

Consciência sobre suas emoções

Corpo e mente são integrados. Suas emoções interferem no corpo mais do que você imagina. Sabe aquela dor nas costas? Nódulos de tensão podem ter se formado devido a algum acontecimento que te afetou.

Por isso, cuide dos seus sentimentos e da tão comentada saúde mental. Para ter uma vida surreal, é essencial estar bem. Terapia, momentos de introspecção, leituras sobre autodesenvolvimento e outras atividades de autoconhecimento podem ajudar.

RPG

A Reeducação Postural Global (RPG) é uma técnica da fisioterapia cujo objetivo é tratar das desarmonias do corpo. Acredita-se que os músculos e articulações estão interligados, quando uma cadeia de músculos está desequilibrada, pode haver dores e outros problemas.

É interessante para desenvolver a consciência corporal porque a cada sessão, com duração de uma hora, faz-se três posturas de acordo com a necessidade de cada um. Você descobre, com ajuda especializada, como está seu corpo e o que pode fazer para melhorar. 

Ioga

A yoga é uma atividade que nos convida a desacelerar. Com movimentos mais lentos e um trabalho com a respiração, as posturas são um convite a ouvir o corpo, reconhecer alguns padrões, notar sensações.

Meditação

Outra prática que pode ajudá-lo a desenvolver a consciência corporal é a meditação. Também é uma forma de sair do piloto automático para viver com mais presença. Essa habilidade, como você notou ao longo do artigo, tem como demanda principal, dedicar mais atenção ao momento presente.

Pode não ser fácil meditar, indicamos que você procure por vídeos ou áudios de meditação guiada para começar. Também há aplicativos que ajudam a tornar-se um meditante.

Outras atividades físicas com consciência

Acreditamos que qualquer outro esporte ou modalidade que você goste e sejam adequados ao seu perfil pode ajudar a desenvolver a consciência corporal. Tente estar presente durante a prática, sem se preocupar com outros assuntos, para tirar ainda mais proveito. Fique atento à forma correta de executar os movimentos e em como você se sente ao praticar.

Pronto para viver com mais consciência corporal? Nós apoiamos e temos certeza de que sua rotina será sensacional ao desenvolver essa habilidade. Continue com a gente para mais dicas!

18 de novembro de 2021 — BOLD Contato