Ser mãe é uma das experiências mais transformadoras. A estudante de nutrição e influenciadora digital Júlia Ribeiral (@vidafitsemstress) mostra como essas mudanças são lindas e desafiadoras ao mesmo tempo.

Júlia criou um perfil no Instagram sobre o novo estilo de vida, quando ainda não era mãe. 

No entanto, quem acompanha as publicações já notou como a linda mamãe fit vivenciou uma transformação ainda maior depois da gestação. Como ela afirma: a mente, o corpo e a alma são outros. 

A estudante de nutrição, além de apresentar o dia a dia de uma forma bem real e sem neuras, mostra como educa a menininha, Alice, que tem um ano e três meses hoje.

Neste artigo, vamos mostrar como você pode adaptar as dicas da Júlia para você. 

1. Não se compare nem com você mesma, mamãe 

Júlia mostra que a comparação é a chave para você ficar frustrada. Antes da gravidez, ela fez uma publicação na qual falava que só podíamos nos comparar a nós mesmos no passado e não com outras pessoas. No entanto, a maternidade mostrou que isso é injusto. Ela ressalta que o tempo disponível não é mais o mesmo, nem a disposição para treinos. 

“Me comparar com a Júlia de 2 anos atrás não é justo com a Júlia de agora. Porque a realidade é completamente diferente!

Meu corpo não vai voltar a ser o que era antes de uma hora pra outra.

Carreguei um bebê por 9 meses.

Meu corpo passou por uma intensa transformação física e hormonal.

Passei por uma profunda transformação psicológica.

Eu não tenho mais a mesma disposição que tinha antes para os treinos.

Eu não durmo tão bem quanto antes.

Eu continuo me alimentando bem, porque amo! Mas as vezes não consigo controlar a ansiedade e o estresse acabo comendo demais.

E eu estou constantemente estressada.

E esses são fatores que contribuem para que o corpo de agora não seja o corpo de antes. E isso não significa falta de foco, disciplina ou dedicação.

Significa que vivo outra realidade e que vou levar um tempo pra me adaptar a ela!”, disse em agosto de 2020. 

2. “Já tô com a roupa de ir”, estratégia para mulheres sem tempo

Dizer que mães têm uma rotina apertada chega a ser redundante. A Júlia sabe disso. Em um de seus stories ela conta que já fica vestida com a roupa do treino para ir à academia quando der. Dessa forma, você vive um dia de cada vez, o que diminui a ansiedade, não fica presa a regras que talvez funcionavam bem antes de você ter filho. 

Afinal, ninguém sabe quando o pequeno terá uma necessidade que você precisa dar mais atenção. 

Dessa forma, você fica disponível para o serzinho mais importante do mundo sem se esquecer de ti. Lembre-se que é necessário estar bem para dar o melhor de si para seu filhote.

3. Organização e planejamento para toda família comer bem

Depois de ser mãe, e às vezes até no casamento, a preocupação é com a alimentação de todos da casa. Júlia prepara as refeições dela, do marido Felipe e da filhinha Alice. Uma estratégia dela é deixar todas as marmitas preparadas e congeladas já no domingo. Segundo ela, três horas são suficientes para ficar tudo pronto. 

Para Alice, ela congela em forminhas de gelo livres de BPA. 

4. Comida fit saborosa da mamãe

Um passeio pelo feed de @vidafitsemstress mostra que ela prepara diversas receitas de encher os olhos. Na alimentação de Alice, a bebê também experimenta doces e quitandas em versões fits e saudáveis. 

Ninguém consegue mudar o estilo de vida sem sabor e Júlia é a prova de que é possível alimentar-se bem sem precisar abrir mão do que é gostoso. Mamãe, procure por receitinhas saudáveis e gostosas você também. A Bold e a Júlia dão muitas dicas de como fazer isso de forma simples. Inclusive, nossas barrinhas estão no cardápio da mamãe fit. 

5. Sem neuras e estresse 

Antes mesmo de ficar grávida, Júlia entendeu que a ansiedade e estresse são muito prejudiciais para o organismo. Ela relatou que no ano em que estudava para o vestibular ganhou peso e comeu mal por nervosismo. Depois que passou esse período, o corpo sentiu positivamente também. 

A estudante de nutrição também conta que só viu resultados duradouros depois que conheceu a dieta flexível, em que não há restrições alimentares, mas escolhas conscientes e mudança de hábitos. 

5. Deixe que digam, que pensem, que falem

Não importa o que você faça, as pessoas vão falar. Em algumas publicações de Júlia isso fica claro. Até na gestação alguns seguidores comentavam que sentiam-se incomodados com fotos que mostravam a evolução da gravidez. O motivo é que a famosa barriguinha de grávida demorou a aparecer. Dá para acreditar? 

Comentários desse tipo também apareceram em outras épocas. Houve quem dissesse que ela tinha passado do ponto quando o corpo estava bem definido, com músculos. Também aconteceu um episódio em que alegaram que ela estava muito magra. 

Ou seja, vão comentar sobre seu corpo de qualquer forma. Viva da maneira que te agrade. Quem deve se sentir bem na própria pele é você. 

6. Alimentar-se bem pode ser simples 

Júlia mostra que ser uma mamãe fit não precisa ser complicado. Os ingredientes que ela usa para preparar as refeições são simples e em conta, ela privilegia uma alimentação com comida de verdade. Ou seja, com ingredientes naturais, com o mínimo de industrializados possível. 

Inspirada a ter uma vida de mãe mais saborosa e saudável? 

 A gente sabe que a maternidade tem muitos desafios. Porém, hábitos de alimentação e atividade física sem neuras podem fortalecê-la para você cumprir as tarefas de mãe e ajudá-la em todos os outros setores da sua vida. 

Se você precisa de motivação para começar e manter uma rotina fitness possível, siga a @vidafitsemstress e a @boldsnacks. Nos vemos na próxima dica!

18 de novembro de 2021 — BOLD Contato