Dia do lixo: armadilha para vida saudável e perda de peso

Dia do lixo: armadilha para vida saudável e perda de peso - BOLD Snacks

Você conta os minutos para comer o que gosta no dia do lixo? Também conhecido como dia livre, esse método está inserido na dieta de muitas pessoas, inclusive de atletas. Mas especialistas, como Márcio Atala e Sophie Deram já alertaram que ele pode fazer mal para a saúde física e mental. 

Neste artigo, vamos mostrar como essa estratégia é um tiro que sai pela culatra e alternativas mais indicadas para colocar o que você gosta de comer na sua rotina. 

Perigos do Dia do Lixo

Controverso, porém, ainda indicado e praticado por muitas pessoas, o dia do lixo pode ser prejudicial para a saúde de diversas formas. São elas:

Compulsão alimentar

Quem tem um dia de folga previsto na dieta, em geral, come muito pouco nos outros dias. E, como prova a ciência, restrição leva à compulsão. A liberação é um dia é a ocasião perfeita para comer à vontade, sem nenhum critério. Pode ser suficiente para você começar a ter episódios de compulsão alimentar.

Para pessoas que já tiveram algum transtorno alimentar, principalmente bulimia, ou a própria compulsão, deve-se tomar ainda mais cuidado com o dia do lixo. Afinal, a pessoa já tem um histórico de perda de controle diante da comida.

Gatilho de vícios alimentares

Uma alimentação verdadeiramente saudável é caracterizada pelo equilíbrio. Ou seja, vícios devem se transformar em uma boa relação com os alimentos. Se você está tentando ingerir menos açúcar, chocolate ou algum outro, o dia livre no regime pode funcionar como gatilho para o vício retornar.

Relação com a comida prejudicada

Na alimentação saudável, não existem alimentos milagrosos ou vilões. O dia livre classifica algumas opções como lixo. Ou seja, ainda pior do que dizer que determinado alimento faz mal para a saúde. Afinal, lixo é aquilo que não tem utilidade, refere-se aos restos, o que é inútil e sujo, para jogar fora.

Ansiedade e outros problemas emocionais

O extremo controle com a dieta pode levar a alguns transtornos, como a ansiedade e transtorno obsessivo compulsivo (TOC), já que devemos seguir as regras com muita atenção. Isso demanda um extremo controle. 

Espera-se pelo dia do lixo para comer aquele alimento tão desejado. Assim, é normal que as pessoas fiquem ansiosas por essa ocasião tão esperada.

Problemas intestinais e digestivos

Comer muito fora da rotina, em excesso, provoca alterações na nossa digestão. O estômago produz mais ácido para digerir os alimentos. O volume de comida também pode causar desconforto e até refluxo. 


A longo prazo, esses excessos, mesmo que uma vez na semana, podem causar doenças como gastrite. No dia seguinte, se a comida não caiu bem, uma diarreia, vômito e mal-estar também são comuns.

Troque Dia do Lixo por pausa consciente 

Como citamos ao longo do texto, dietas restritivas não são interessantes para a saúde e não são o melhor caminho para emagrecer. O ideal é ter uma alimentação equilibrada no dia a dia, é normal, inclusive, que você faça refeições fora da rotina, de vez em quando. Essas escapadas deixam a alimentação saudável sustentável, ao contrário das dietas, que têm data para terminar.

A sugestão é trocar o dia do lixo por uma pausa consciente. Assim, você pode comer o que não é considerado de praxe, mas de forma diferente. A ideia não é se fartar e comer exageradamente, como se fosse demorar muito tempo para ter permissão para degustar a iguaria de novo.

Segundo a Dra. Sophie Deram, o corpo consegue lidar com alimentos a mais e fora do contexto, de vez em quando. A dica da doutora é interpretar os sinais de saciedade e até desejo para entender quando provar algo ou não.

Outra vantagem da pausa consciente é poder encaixar as refeições fora da rotina em qualquer dia da semana. Afinal, o nosso organismo não sabe se é domingo ou segunda. Você satisfazer um desejo quando ele aparece evita compulsão no que seria o dia do lixo, tendemos a comer bem menos do que se guardássemos a vontade para um dia específico. Também reduzimos a ansiedade.

Contorne o efeito platô com pausa consciente

O efeito platô é quando deixamos de perder peso. É muito comum nas dietas com pouquíssimas calorias, pois o corpo começa a gastar menos calorias para ter mais energia.

“Após um emagrecimento considerável, é comum que o organismo reduza o gasto calórico e ocorra uma diminuição na perda de peso, o que é conhecido como efeito platô. Logo, aumentar a ingestão calórica e, em seguida, reduzi-la novamente fará com que o metabolismo permaneça acelerado mesmo com uma menor ingestão de alimentos, promovendo, assim, perda de peso”, destacou a nutróloga Marcella Garcez, professora e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) em uma matéria do site de Márcio Atala.

Assim, além de deixar a vida mais gostosa e a alimentação saudável mais sustentável, uma pausa consciente é estratégica para você continuar a perder peso.

Encaixe a pausa sempre que sentir vontade de comer um alimento fora da sua rotina. Ela também é bem-vinda na vida social, aquela ida ao barzinho, a um restaurante com a família e festas. Há quem deixe de ir a esses locais para evitar a ingestão de alimentos proibidos na dieta. Além de não ser legal para o corpo e perda de peso, essa atitude aumenta a ansiedade, estresse e diminui os momentos prazerosos com quem gostamos.

Lembre-se também que perder peso nem sempre é necessário ou saudável. Hoje temos uma cultura que supervaloriza o corpo magro, quanto menos peso, mais bonita a pessoa é considerada. Estude qual é seu peso saudável e se você realmente precisa emagrecer tanto para ter saúde. Mas, de uma coisa não temos dúvidas: comer bem é necessário para todos, independente dos indicadores de saúde ou peso para manter-se bem.

Então, reveja seus conceitos sobre alimentação saudável, esqueça a ideia de dia do lixo e nutra-se da forma correta. 

Chamar alimentos de lixo é bem problemático em um contexto no qual muitas pessoas não têm acesso ao básico. Também podemos comer o que não é considerado tão saudável, de forma moderada. Troque o terrorismo nutricional por alimentação consciente, ganhe mais saúde e prazer na sua vida. 




0 comentários

Deixe um comentário

Por favor, lembre-se de que os comentários precisarão ser aprovados antes de serem publicados